sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Por que Deus te livraria das chamas?

Se imagine dentro de um prédio em chamas, você ora para que Deus lhe salve e Ele responde: Por que eu deveria salvá-lo?


No século XVIII a Inglaterra apresentava um estado de grande decadência moral e espiritual, as pessoas se rebelavam e repudiavam intelectualmente do Cristianismo. As pessoas nem mais discutiam sobre o Cristianismo, pois estavam certos de que a religião cristã não passava de uma grande ficção, uma bobagem. O Cristianismo estava definhando, e ao invés de influenciar estava sendo influenciado. A Igreja estava extremamente secularizada. Talvez, situação similar a que a Igreja enfrenta hoje, enquanto o ateísmo, o pluralismo (a crença de que todas as religiões são igualmente válidas) a filosofia secular e bobagens astronômicas como Código Da Vinci e a Tumba de Jesus avançam a passos largos, a Igreja parece perder cada vez mais o domínio. Olhamos pra frente e vemos um futuro tenebroso para a Igreja, que até apresenta um crescimento numérico, mas nada além disso. As pessoas carecem de conhecimento de Deus, e na Igreja evangélica abundam heresias, falsos profetas, teologia da prosperidade e um evangelho triunfalista e superficial, que de transformador não tem nada. Era mais ou menos essa a situação enfrentada pela Igreja inglesa no século XVIII. Pecado e tédio em relação ao Evangelho. Mas nessa situação embaçada que a Inglaterra se encontrava, Deus trouxe um dos maiores avivamentos da história, a Igreja começou a crescer, o Evangelho se expandiu, e não só a Igreja, mas toda a nação da Inglaterra foi transformada, no que foi um dos maiores derramamentos do Espírito de Deus em toda a história da Igreja Cristã.


Três homens foram grandemente usados por Deus nesse grande despertamento, Jonathan Edwards, George Withefield e John Wesley. Três grandes teólogos e pregadores da palavra de Deus, aproveito para enfatizar a importância do conhecimento teológico para qualquer pessoa que quer fazer com excelência a obra de Deus na terra assim como esses homens fizeram. E até hoje os três influenciam a Igreja evangélica. Quando John Wesley tinha 6 anos, passou por uma experiência que marcou profundamente sua vida. Sua casa pegou fogo, todas as crianças foram retiradas da casa mas quando perceberam haviam esquecido do pequeno John. Os vizinhos conseguiram escalar até o quarto do menino John aterrorizado, e segundos depois de ser salvo o teto da casa desabou. John Wesley foi salvo nos últimos segundos. Até a fase adulta ele se referia a si mesmo como “um tição tirado da fogo”, se referindo a Zacarias 3.2, ele nunca mais esqueceu dessa experiência traumática.


Porque ele foi poupado? O que Deus tinha pra ele? Porque John Wesley foi salvo das chamas? Olhando em retrospecto, podemos dizer que Deus o poupou para poder salvar a Inglaterra – tanto a Igreja quando o país, ambos precisavam dele. Ele, um menininho indefeso de 6 anos, que nem sequer precisou orar mas Deus foi lá e o resgatou do fogo! Nós muitas vezes passamos por situações como a do jovem Wesley, aterrorizadoras, às vezes não são nem tão extremas, mas um divórcio, falência, dificuldade financeira (engraçado como crente ta sempre com dificuldade financeira e ora por dinheiro, nunca vi um apostolo orar pra ter uma vida mais confortável), clamamos a Deus para que Ele nos tire do buraco. Clamamos a Deus em 90% das vezes pelo nosso conforto e por motivos egoístas. Deus tirou John Wesley do fogo, sem ele nem precisar orar. Agora a pergunta que eu faço a você hoje é - porque Deus tiraria VOCÊ do fogo? – Pense no que você faz por Deus hoje. Será que você é mais um crente que vai atrás de campanhas, cultos de profecias, unção disso, unção daquilo, um egoísta que busca a Deus não como um fim em si mesmo, mas como um meio pra alcançar seus objetivos de vida, dinheiro, sucesso, status, conforto?

Muitas vezes nós estamos na Igreja para consumir, para alimentar o “eu” e alcançar os nossos propósitos individuais e não os propósitos eternos de Deus. Vamos atrás de um cristianismo terapêutico, que nós faz sentir melhor, que te ajuda a criar seus filhos, te ajuda a ser bem sucedido na vida profissional e financeira, mas e Deus? E os propósitos dEle? E as questões relativas a Ele, ao pecado, a salvação, a graça, a cruz, cadê? E a Verdade, qual o espaço que damos pra ela?


Será que pelo menos você pretende fazer algo por Deus e seus propósitos? Fazer algo por Deus não consiste apenas em dizimar, comparecer aos cultos e cumprir todas as regrinhas religiosas. O Cristianismo não consiste de atitudes exteriores. Jesus disse aos fariseus em Mateus 23.25 “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade”. Nós muitas vezes somos mais fariseus que os fariseus. Damos nosso dizimo, louvamos a Deus de forma “extravagante”, seguimos meia-dúzia de regrinhas e achamos que basta, e ainda nos sentimos no direito de exigir ou reivindicar as bênçãos de Deus. Cristianismo é interior. É servir ao próximo, ajudar o pobre, falar de Deus para aquelas pessoas doentes que não tem como te retribuir, ser cortês, gentil, ser um exemplo na sua casa, escola, faculdade, trabalho. Ser um cristão espiritual não é vir aos cultos levantar as mãos e gritar aleluia! A parte exterior da adoração é a mais fácil da religião e a que menos se opõe aos nossos desejos. Tem gente que acha que ser espiritual é gritar, orar em línguas pra todo mundo ver, cair no chão, não é! Ser espiritual é você amar o teu próximo como a ti mesmo, é você fazer aos outros, o que você queria que fizessem com você. São as pequenas coisas do dia-a-dia. É o fruto do Espírito. Tem crente que acha que evidência da presença de Deus é o barulho. Manifestações exteriores o diabo sabe imitar muito bem. Eu pelo menos não acredito que o Espírito Santo seja tão muquirana que só serve pra fazer as pessoas orarem em línguas e caírem no chão. Eu acredito em um Espírito Santo mais poderoso, um que molda caráter, um que faz o arrogante virar humilde, um que faz o avarento se tornar generoso, um que faz o amargurado amar. Esse tipo de mudança que o Cristianismo tem que produzir em nós. Chega de religião egoísta, egocêntrica. O mundo espera pelo nosso testemunho.


Pra que Deus tiraria você das chamas? Com que intuito Deus tiraria você das chamas? Pra você conquistar seu sucesso profissional? Pra você conquistar sua prosperidade tão desejada? Pra você andar de BMW enquanto ao seu lado o mendigo morre de fome? Pra você ser mais um espectador nos cultos da Igreja?


Quando você chegar em casa, pare pra analisar como tem sido suas orações. Será que suas orações são daquele estilo muito popular hoje no meio neopentecostal “Eu determino que as portas de emprego se abram pra mim!”, “Eu ordeno que toda a doença seja tirada da minha vida agora em nome de Jesus!”, “Eu tomo posse de todas as bênçãos celestiais”, “Eu quero, eu preciso, eu ordeno, me dá, eu, eu, eu, eu”. Orações egoístas e mesquinhas. Ou suas orações são como Jesus mandou: Pai Nosso que estás no céu, Santificado seja o TEU nome, venha a nós o TEU reino, seja feita a TUA vontade. Colocando Deus e seus propósitos acima de qualquer coisa. Será que você ora pelos propósitos dEle? Será que você ora pelas pessoas que você odeia? Será que você ao menos ora pelo irmão que passa fome e não tem o que vestir? Será que você ora pelas nações que vivem na miséria e nunca ouviram a mensagem do Evangelho?


Se você se encontrasse na situação do jovem Wesley, pra que Deus te manteria vivo? Talvez até seria melhor Deus te deixar morrer, porque você é tão mau testemunho pro Evangelho, você queima a imagem de Cristo. John Wesley marcou a história da Igreja. E você tem feito o que? Será que não seria melhor pro Evangelho que você morresse do que continuasse vivo? Se imagine na situação do jovem Wesley. Você ora a Deus que te livre da morte. Ai Deus te pergunta - Porque eu deveria livra-lo? - o que você responderia?

Essa resposta tem que estar na ponta da sua língua, porque talvez amanhã você vai estar em meio às chamas e vai clamar a Deus... e Ele vai te perguntar - Porque eu deveria livra-lo?- e dependendo da sua resposta, ele vai pensar “Não, seu tempo aqui na terra acabou.”


Aproveite enquanto você ainda tem oportunidade de mudar a resposta a essa pergunta, porque pode ser que um dia você tenha que respondê-la. Romanos 5.8 diz “Mas Deus prova o seu amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido na cruz sendo nós ainda pecadores”. Deus te ama, e até agora tem tido misericórdia de você. Se arrependa dos seus maus caminhos enquanto ainda há tempo, pois vai chegar um dia em que você não terá mais nenhuma chance. Enquanto você dorme, o mundo perece e as pedras clamam, a boca do inferno se abre e as chamas ardem, chamas não de um mero incêndio, mas as chamas eternas que nunca se apagam! Qual vai ser sua reação? Desperta, tu que dormes! Enquanto ainda há tempo.

Vitor Pereira 03.05.2007

6 comentários:

Tassia disse...

Ola Vitor, vi o link do seu blog no orkut e vim ler esse texto que postou. Gostei muito e até chorei, não porque vem com alguma novidade, claro tirando a parte histórica que não é meu forte, mais falo sobre o egoismo que muitos crentes praticam o qual você abordou. Na semana passada em minha igreja entrou um bebado, cena que já aconteceu. E qual foi a reação da igreja? Não viam a hora que homem fosse convencido a se retirar, faziam olhar de pena, mais continuaram sentados nos bancos,apenas a espera que o barulho sessasse e que asssim poderiam continuar ouvindo a mensagem.
Sempre me questiono sobre minha vida cristã, e me dói muito ver apenas minhas criticas e de outros e não conseguir grandes mundanças em mim, tenho orado por essa mudança, confesso que fraquejei e fraquejo toda vez que paro para ver que os outros estão intactos também como eu nos bancos da igreja...Obrigada pelo seu texto, que Deus continue a ti abençoar grandemente! Paz!

Vitor Pereira disse...

Olá Tassia.
Fico feliz por ter gostado, isso me motiva. Realmente a situação nas nossas Igrejas não é das melhores, mas saiba que Deus usa Igrejas imperfeitas mesmo, assim como nós também somos imperfeitos. A situação só vai mudar na glória, não devemos deixar isso nos abater, e sim lutar para que possamos ver uma Igreja mais saudável no futuro. Leia meu texto "Problemas na Igreja?" aqui do blog.
Um grande abraço e conte comigo.
Vitor.

Risomar disse...

Shalom Vítor,li seu comentário e concordo contigo. E ainda que surjam quem discorde, o que disestes não deixará de ser verdades. Já li o livro os herois da fé,e fiquei impactada pelo poder de Deus na vida daqueles homens. E esse é o clamor do meu coração pra minha vida e para o corpo de cristo na terra.Tmb ter ser uma tocha usada por Deus, como os Apóstolos e os herois da fé.

Risomar disse...

Eu me lembro que aos 16 anos de idade, andando no asfalto no bairro que eu morava,chuvia muito a pista estava coberta pelas águas. Foi quando afundei numa boca de lobo. Foi muito rápido, sumi do asfalto. E muito rápidamente fui puxada por uma força.Na época,era muito nova não tinha visão de Deus, atribui a sombrinha, nem me apercebendo que

Risomar disse...

a sombrinha esta toda partida.E que não teria tamanha força de me puxar daquela forma.Já depois de adulta, e na presença do Senhor foi que Ele mesmo, me lembrou disso.E eu chorei muito naquele momento.Ao me lembrar como foi forte aa suas mãos me puxando de volta.E eu reconheço que Deus me trouxe de volta com um propósito, como foi com o tição tirado do fogo

Anônimo disse...

Ótimo texto. A maioria das pessoas q professam crer em Deus vivem para si mesmas e dentro de uma rotina de cerimonialismo q acaba limitando a vida cristã a um banco de igreja e à mera observância de algumas "regrinhas". É incrível a cegueira espiritual q prevalece. Elas só falam em doutrinas,pessoas.Faz tempo q nao vou à igreja que congregava. Acreditem, a nuvem de influencia dessa atmosfera estava prejudicando minha visão espiritual, me fazendo olhar para as coisas e para os seres humanos, no lugar de olhar a Deus. Não sei muito bem se estou certo, mas quero empreender uma busca por Deus como nunca dantes. Tenho buscado contato apenas com os membros + espirituais, e isso tem feito diferença.Sempre leio os textos do seu blog e gosto da forma q vc direciona a mente das pessoas para as coisas do alto. Deus te abençoe.

 
Free Host | lasik surgery new york