quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Despertai, Bereanos! no Orkut




Posso ser um pouco sonhador demais, mas eu acredito que um dia as idéias divulgadas nesse blog transformarão a Igreja Brasileira. Diferente do que apregoam muitos pregadores evangélicos, os textos Bíblicos que fazem promessas extraordinárias como "Tudo que pedirdes em oração, crendo, recebereis" Mateus 21.22 ou "Tudo posso naquele que me fortalece" Filipenses 4.13, não devem ser usados para satisfazer nossos desejos egoístas - um carro, uma casa e muito dinheiro - mas sim devem ser usados como motivação para satisfazer o propósito de Deus em nossas vidas. Eu acredito firmemente que meu propósito é ensinar e fazer a Igreja se tornar mais ativa nos debates intelectuais da sociedade. Só o cristianismo oferece respostas coerentes para os problemas do nosso mundo e portanto, ele deve estar presente em todas as esferas. Foi pensando nisso que criei esse blog como um primeiro passo na direção desse sonho, sei que muitos tem o mesmo sonho, mas muitos apenas criticam e criticam a Igreja com o intuito não de corrigi-la mas de denegri-la e sequer tomam atitudes que realmente possam transformá-la, não podemos viver apenas de falar mas sim temos que nos unir de agir, por isso o segundo passo que eu dei foi criar uma comunidade no Orkut para os frequentadores do blog e aqueles que partilham das opiniões vinculadas aqui, onde possamos discutir estratégias e soluções práticas para o "aperfeiçoamento dos santos" (Ef 4.12), basta que cada faça sua parte em sua congregação local e o terceiro e grande passo terá sido dado.

Participem: COMUNIDADE DESPERTAI, BEREANOS!

"Seja a mudança que deseja ver no mundo" Mahatma Gandhi

13 comentários:

Valerio Márcio disse...

Vítor,

acho muito bom que jovens se dêem o trabalho(se é que podemos colocar as coisas dessa forma) de "batalhar pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos". Embora que ache seu sonho absolutamente impossível(baseado nas Escrituras), nem por isso é menos válido o seu empenho. Tentarei acompanhá-lo aqui, dentro das minhas possibilidades. Ah, e sua lista de sugestões de leitura, para mim, é ótima.

um GRANDE abraço.

Consiglieri disse...

da Teologia da Prosperidade desse monte de igrejas aqui no Brasil. Tá na hora do povo despertar desses sonhos materialistas!
E tem um cara que a muito tempo já falou disso e inclusive de outra coisa que aparece no do Francis Collins: A Teoria da Evolução não é Anti-Cristã como propagam as mesmas igrejas Evangélicas no Brasil. Eu comprei o livro do C.S.Lewis recomendado por Francis Collins, o "Cristianismo puro e simples" e senti um alívio tão grande por não precisar abandonar a ciência e a racionalidade depois de abraçar Jesus Cristo que é indescritível. Vale a pena!

Valerio Márcio disse...

Cumé? A "teoria" da evolução não é anti-cristã?????

Garon disse...

Tá lindo esse blog!
Nossa isso mesmo que devemos fazer!
nos movimentar em favor de um Deus que nos ajuda a caminhar.. e será e é nossa grande satisfação!

nossa parabenizo muito o dono desse Blog!
abraços!

Consiglieri disse...

Não cara. O Genesis não é um texto Científico. É texto sobre a queda do homem sobre o Deus que criou tudo. Inclusive, no próprio original as palavras usadas para a criação do Universo e a criação do homem são diferentes. O Certo é que Deus formou o homem, ao contrario do Universo que foi criado do nada. A Evolução é modo pelo qual Deus formou o homem. E dessa forma somos formados de das coisas que já existiam ou seja "formou da terra". Não vejo contradição nisso. Mas o argumento vai mais longe É necessário ler os livros.

Valerio Márcio disse...

Meu amgio Consiglieri: se você está falando a respeito da hipótese de que os dias de Gênesis não são períodos de 24(vinte e quatro) horas, essa abordagem já foi amplamente discutida e rejeitada na igreja.

Consiglieri disse...

O grande problema para que os Cristãos aceitem a teoria da evolução não é esse ao meu ver. O problema está em ler que Deus formou o homem a partir do barro de forma literal.
Mas é claro que acreditar nisso ou naquilo outro não faz diferença na salvação. O problema é que jovens cristãos que ingressam na carreira científica acabam descartando tudo com o tempo por causa desse mau fundementalismo religioso que insiste em interpretar textos poéticos como literais. Existem na Bíblia sim textos literais. Mas a Criação não pode ser vista assim sem que entremos em confronto direto com o bom senso e a ciência. Ninguem pode dizer exatamente como Deus criou o universo, devemos aceitar a nossa ignorancia. Mas podemos com certeza dizer que Deus deixou para nós um relato de que o homem caiu, pecou e de que Ele providenciou a nossa salvação através de Seu Filho que veio a nós em carne e tb como Deus. Esse é o cerne da Bíblia. E não quantos dias duraram a criação, ou se o homem foi feito mesmo de barro ou se foi feito com a evolução dos animais (que inclusive pela teoria mais aceita vieram mesmo do que podemos chamar de barro).
Essa é a minha opinião. Não quero dizer que seja a verdade completa. Mas quero dizer que vim a aceitar Jesus mesmo depois da minha entrada na carreira cientifica graças a homens como C.S.Lewis que ao meu ver compreenderam essas coisas.

Daniel Grubba disse...

Olá Vitor, há algum tempo venho acessando este blog e me identifico em muitos aspectos, principalmente na ênfase apologética. Também tenho os mesmos propósitos e espero que Deus nos use para fornecer respostas aos famintos.
Meu blog é recém criado: http://dlgrubba.blogspot.com

Valerio Márcio disse...

Meu caro Consiglieri, se "Ninguem pode dizer exatamente como Deus criou o universo," como você afirma que a Bíblia não pode ser tomada literalmente? Alegorizar a Palavra de Deus não raro nos leva para longe da verdade. Recomendo a leitura de "Como Tudo Começou", de Adauto Lourenço da Editora Fiel e "Criação ou Evolução" de John MacArthur, Editora Cultura Cristã. GRANDE abraço.

Consiglieri disse...

"Alegorizar a Palavra de Deus não raro nos leva para longe da verdade." - Concordo absolutamente com isto. O que eu quis dizer é que existem coisas que são alegorias pela própria linguagem que usam. Ou seja, devemos buscar a interpretação correta. Se a interpretação correta for uma lição espiritual a partir de uma alegoria, então é essa que devemos seguir. Se em outro texto é evidente que o autor estava falando literalemte então é assim que devemos interpretar. Não é verdade? Pq se não for assim devemos supor que quando João viu um dragão subindo do mar em apocalipse devemos pensar que ele viu literalmente um lagarto gigante saindo do mar? Claro que não. Da mesma forma em Genesis, Moisés estava falando de verdades espirituais de forma alegórica.

Consiglieri disse...

"Alegorizar a Palavra de Deus não raro nos leva para longe da verdade." - Concordo absolutamente com isto. O que eu quis dizer é que existem coisas que são alegorias pela própria linguagem que usam. Ou seja, devemos buscar a interpretação correta. Se a interpretação correta for uma lição espiritual a partir de uma alegoria, então é essa que devemos seguir. Se em outro texto é evidente que o autor estava falando literalemte então é assim que devemos interpretar. Não é verdade? Pq se não for assim devemos supor que quando João viu um dragão subindo do mar em apocalipse devemos pensar que ele viu literalmente um lagarto gigante saindo do mar? Claro que não. Da mesma forma em Genesis, Moisés estava falando de verdades espirituais de forma alegórica.

Consiglieri disse...

"Alegorizar a Palavra de Deus não raro nos leva para longe da verdade." - Concordo absolutamente com isto. O que eu quis dizer é que existem coisas que são alegorias pela própria linguagem que usam. Ou seja, devemos buscar a interpretação correta. Se a interpretação correta for uma lição espiritual a partir de uma alegoria, então é essa que devemos seguir. Se em outro texto é evidente que o autor estava falando literalemte então é assim que devemos interpretar. Não é verdade? Pq se não for assim devemos supor que quando João viu um dragão subindo do mar em apocalipse devemos pensar que ele viu literalmente um lagarto gigante saindo do mar? Claro que não. Da mesma forma em Genesis, Moisés estava falando de verdades espirituais de forma alegórica.

Anônimo disse...

Olá irmão Vitor,
mais uma vez quero agradecer pelo "DESPERTAI, BEREANOS" (que não é mais um sonho, já é uma realidade!!!) A igreja de Cristo precisa de espaços como esse e aí vai mais uma sugestão de livro:
" VERDADEIRAS PROFECIAS" de A.W. Tozer (editora Clássicos). O Filho de Deus já habitou entre nós, e porque cremos NELE somos chamados CRISTÃOS, e Cristão VIVE NO TEMPO DA GRAÇA, Comissionado para Anunciar o EVANGELHO (a Boa Notícia - que é Cristo). Creio que o apóstolo Paulo, se vivesse a verdade quando ainda era Judeu (e vivia na LEI do Antigo Testamento), não precisaria ter caído do cavalo e passado a VIVER e PROCLAMAR a GRAÇA e A VERDADE DO Evangelho. (para pensar)
Por quê a igreja evangélica brasileira prega tanto o Velho Testamento????
Porque muitos doutrinam a igreja fundamentados nas LETRAS do Velho Testamento?
"Só tem um único fundamento: e é CRISTO"
"O véu já se rasgou"
"esse é o cálice da NOVA e ETERNA ALIANÇA".
é isso aí; não adianta só criticar, devemos oferecer aquilo que Deus tem nos mostrado, e o que defendo piamente (mesmo perseguido) é uma volta ao primeiro AMOR e voltar a VIVER e Ensinar o NOVO TESTAMENTO.
um forte abraço,
do irmão Flávio.

 
Free Host | lasik surgery new york