sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Qual cova você cairá?

Conservador? Será?


A oposição conservadora ao candidato Fernando Gabeira se dá exclusivamente por suas posições teoricamente liberais e anti-cristãs. Dizem que ele é propagador do ateísmo, das drogas e do homossexualismo. Para fins de argumentação vamos supor que Gabeira seja isso tudo sem me preocupar em defendê-lo.

O apoio conservador ao candidato Eduardo Paes se dá justamente por que, teoricamente, ele não seria tão anti-cristão e liberal como Gabeira, mas será verdade?

Eduardo Paes anda dizendo que o Rio de Janeiro tem uma oportunidade única, a oportunidade de ser governado pela tríade Lula-Cabral-Paes. Agora vamos levar em consideração dois fatos: Sérgio Cabral é a favor da legalização da maconha e do aborto. Duas posições que divergem claramente do posicionamento conservador.

Bem, o conservador que apoia Eduardo Paes se encontra num dilema lógico, vamos usar um silogismo:

1) Se Paes está dizendo a verdade, então, o Rio de Janeiro será governado pela tríade Lula-Cabral-Paes.
2) A tríade Lula-Cabral-Paes é pró-legalização e pró-aborto o que é contrário ao posicionamento conservador.
3) Paes está dizendo a verdade.
4) Logo, o Rio de Janeiro será governado por uma tríade pró-legalização e pró-aborto que é contrária ao posicionamento conservador.

ou a premissa (3) pode ser substituída por:

3)Paes não está dizendo a verdade.

A conclusão lógica que se deriva dessa premissa é:

4) Logo, o Rio de Janeiro será governado por um político mentiroso, o que é contrário ao posicionamento conservador.

Ora, vemos que o conservador que pretende votar no Eduardo Paes está preso entre duas conclusões que contrariam seu próprio pensamento. Ele tem a opção de votar no Eduardo Paes acreditando que seu mandato será pró-legalização e pró-aborto ou votar em Eduardo Paes acreditando que ele é um político mentiroso e, portanto, indigno de qualquer crédito. Resumindo, o conservador que apelando para os seus valores conservadores escolhe Eduardo Paes está cavando a própria cova, aliás duas covas, resta escolher em qual das duas ele vai cair.

E aí, qual será sua decisão? Pense bem!

29 comentários:

zwinglio rodrigues, pr. disse...

Vitor, paz!

Agora já não é mais para "explicar" uma mudança de pensamento já devidamente embasada... mas parece-me que é para a obtenção da notoriedade [?]... cuidado meu irmão... a execração daquele não mudará a ideologia deste [vice-versa]...

exerçamos sim nossa cidadania... mas muito menos que a oração:

ADMOESTO-TE, pois, ANTES DE TUDO, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;

Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade;

Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador.

1Tm 2:1-3

Fiquem em paz meu irmão!

Jim disse...

É, Vitor, acho que Paulo tem razão...

Vitor Grando disse...

Zwinglio,

O que eu retratei é simplesmente o entrave em que se encontram aqueles que apelam para "príncipios" conservadores como desculpa para apoiar Eduardo Paes. Apenas demonstrei que a lógica é extremamente débil. Aqueles que tacam pedra no Gabeira tem o teto de vidro. Em relação à príncipios os dois são farinha do mesmo saco. Há de se procurar outra saída.

Um abraço!

zwinglio rodrigues, pr. disse...

Vitor,

essa sua assertiva,

"Em relação à príncipios os dois são farinha do mesmo saco"

vai desagradar alguns dos elogiadores da sua iniciativa...

vamos ver se eles vão se manifestar coerentemente...

Daniel disse...

Olá Vitor,

Eu não moro no Rio de Janeiro e nem venho acompanhando os debates por aí, mas lendo seu post fiquei pensando em algumas coisas e queria compartilhar.

Quando Eduardo Paes diz que vai ter a oportunidade de um governo Lula-Cabral-Paes será que ele está dizendo que tem o mesmo posicionamento em questões tais como aborto e lagalização da maconha? Ou será que está dizendo somente que terá o apoio de Cabral e Lula?

Uma coisa me incomoda um pouco nessa história de não votar num candidato porque ele é pró-aborto, ou porque ele é pró-casamento homossexual, ou por ser pró-legalização da maconha, etc. Acho que é preciso separar as coisas. Uma coisa é a esfera pública, jurídica e outra coisa é a escolha moral de cada um. Eu penso que a esfera da religião pode ser a esfera moral, do sentido da vida, mas não acho correto confundir religião e Estado.

Não se pode interferir na liberdade nas pessoas. Se pode mostrar o caminho, dar exemplos, orar pela conversão das pessoas, etc. Mas exigir que o Estado que tire a liberdade das pessoas?

Jim disse...

Fernando Gabeira X Eduardo Paes
Debate, hoje, na TV Globo, às 22h!
Também será transmitido pela rádio CBN:
http://www.cbn.com.br

Jim disse...

Também "não acho correto confundir religião e Estado." Mas, aqui no Rio, o candidato Paes, não só estimulou a confecção de panfletos anônimos denegrindo Gabeira, como se compraz (com a maior cara de paisagem) no ateamento da fogueira da confusão que Daniel se referiu...

Anônimo disse...

...

Vitor Grando disse...

Concordo com você que é perigoso misturar nossas opiniões religiosas com política. Mas eu acredito também que certas coisas que contrariam nossa religião devem ser vetadas não por contrariarem nossa religião, mas simplesmente por serem contrárias à saúde da sociedade. Eu penso como o Obama, dê uma olhada aí: http://despertaibereanos.blogspot.com/2008/06/discurso-de-barack-obama-sobre-religio.html

A parceria dos três mostra que, no mínimo, eles pensam de forma bastante similar. Veja a astúcia do Cabral em puxar o feriado que seria na segunda (01) para a segunda seguinte à eleição. No minimo uma baita malandragem! Essa tríade eu não quero!

Jim disse...

"A saúde da sociedade". Great!
Penso que a saúde da sociedade é o bem mais importante para as populações, da cidade, da nação, da Terra! A Política, a Religião, a Educação podem CONTRIBUIR para essa SAÚDE! Não são excludentes!

zwinglio rodrigues, pr. disse...

Daniel, paz!

Você disse:

"Uma coisa me incomoda um pouco nessa história de não votar num candidato porque ele é pró-aborto, ou porque ele é pró-casamento homossexual, ou por ser pró-legalização da maconha, etc."

De fato é uma tremenda bobagem esse tipo de pensamento... até porque, o máximo que o cristianismo, ou qualquer outra religião, poderá fazer é retardar a naturalização [digo no sentido da legalização] dessas práticas...

Um sociedade permissiva, relativista, hedonista, niilista... como essa [pós]moderna, caminha a passos largos para o caos final [não pensem que sou apocalíptico não... tenham certeza que sou]... ela mesma tornou-se expert em introjetar venenos em suas veias... por isso ela é viciada, incorrigível...

A sociedade é engraçada! Ela exige o "melhor" gestor para governá-la, mas ela não sabe o que é o melhor... contradições da sociedade...

Sabe Daniel, eu não sou adepto da teoria "quanto pior melhor" - isso é coisa do Lula do passado juntamente com os seus companheiros [quem estava entre esses?] antes de ascenderem ao poder... porém, não consigo deixar de enxergar que para nossa sociedade, o pior sempre será o melhor... mesmo que ela pense está escolhendo aderindo ao melhor...

Existem homens de bem, mas não existem homem de bem imunes aos venenos dessa sociedade... a não ser...
***********************************************
A propósito, como o Vitor fez menção ao Obama, preciso indicar a todos um texto extenso sobre tal figura assustadora... vejam em

http://silasdaniel.blogspot.com/2008/10/porque-no-apio-obama.html

Vocês vão ver que lá é como cá, politicamente falando...

Inclusive... liberal por liberal, qual é o menos ruim?!!

Votar em quem?!! Em alguns casos, em ninguém; NULO!

Roger disse...

Grande Vítor,

pelo visto a coisa tá pegando fogo aí nas eleições municipais!

Mais uma vez parabéns pela sua iniciativa e pelos Posts tão sóbrios! Hoje vi o Post do Alyson sobre a situação em BH e me diverti com nossa tragédia mineira... mas fazer o quê?

Sua lógica está corretíssima. Ainda que "político mentiroso" seja um pleonasmo, assim como, na verdade, "homem mentiroso" também é, existem mentiras e MENTIRAS... como você demonstrou pró ou contra aborto-manconha-gay não seria o fator decisivo na escolha de um ou outro candidato. Nesse sentido o Gabeira pelo menos joga limpo.

Você lembrou bem, o Obama tem uma excelente visão sobre essas questões que merece ser observada por nós evangélicos brasileiros.

Finalizando, acho que você está mais que certo em se posicionar assim. 1) Você está agindo de acordo com sua consciência cristã 2) Você está só enriquecendo o debate ao apresentar seus argumentos 3) Você (e nenhum eleitor) estará definindo agora essas questões tão complicadas de ética. Esse peso ninguém precisará carregar para as urnas 4) E melhor ainda pra você: seu voto não definirá a eleição! Ainda que você consiga influenciar outros o peso da decisão final repousará sobre o ombro de toda a sociedade.

Então parabéns pela iniciativa. Mais do que no resultado das eleições (que pouco podemos mudar),mas é nesse processo democrático de discuções onde todos nós ganhamos alguma coisa.

Só lamento uma coisa: você não estar em BH para puxar um debate assim tão interessante em minha cidade natal.

A paz mano,

Roger

Anônimo disse...

TRAIÇÃO
Eduardo Paes começou a carreira de forma relâmpago, pulando do PV para o PFL para ser subprefeito e depois Secretário do Meio Ambiente do Prefeito do Rio Cesar Maia. Ambicioso, Paes ele queria mais. Ele traiu a seus maiores apoiadores, tornando-os seus inimigos, e bandeou-se para o PSDB. No PSDB, foi líder do partido e teve atuação forte na CPI dos Correios, batendo forte e raivosamente no Governo Lula. Se apresentou como a cara da oposição na TV e jornais. Até que finalmente traiu o partido, que contava com ele para ser seu candidato à Prefeitura do Rio, e foi para o PMDB de Garotinho e Cabral. Hoje ele é candidato a Prefeito pelo PMDB, base do Governo Lula. Diz que tem apoio do Presidente.

Você, eleitor de Lula, acredita na sinceridade deste candidato? E você, da oposição, está se sentindo traído? Afinal, quantas caras tem Eduardo Paes

Vitor Grando disse...

Zwinglio,

Não conheço o Obama, apenas concordei plenamente com seu posicionamento na relação da religião com a política. No resto, admito que sou ignorante quanto ao que se passa na América do Norte.

Roger, é isso aí, o Gabeira joga limpo. Ontem eu me encontrei com um amigo que eu não via há um tempo. Ele está trabalhando em uma empresa que assessora o Paes, não preciso entrar em detalhes mas digo que isso só fez reforçar minha posição. E ah! Ele também vai de Gabeira!

Um abraço!

Jim disse...

Sobre o voto nulo, especificamente na eleição para prefeito do Rio: entendo essa atitude arrogante e cheia de soberba - eu sou melhor do que qualquer candidato!; terá sido um dia e sob outras circunstâncias uma atitude romântica, hoje sequer é uma opção anárquica. Felizmente, percebo que nesta eleição (no Rio) o pessoal quer e vai participar na escolha do prefeito da sua cidade!
Oxalá vote EM PESO naquele que tem tudo para se tornar um ótimo prefeito desta cidade!

Vitor Grando disse...

Sujeira? http://www.orkut.com.br/Main#Album.aspx?uid=5736077195760407197&aid=1224769881
Tô fora!

Vitor Grando disse...

Sou Suburbano e voto no Gabeira! por Felipe Velho

Veja:

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=2968222&tid=5260679276823549537&start=1

Igor Coelho disse...

vitão tem como falar tbm q nao eh pq os governantes sao amiginhos q vai ser melhor.....mesmo pq eh mta idiotisse um governante nao fz algo pelo povo pq nao eh amiginho do do outro governo.......


lula vai dar + dinheiro pro rio pq eh o paes o prefeito ?

isso eh um argumento + pra fz uma msg subliminar tipo kem vota lula ou kem vota cabral vota paes......

Muller disse...

Sobre essa coisa de Maconha Caetano Falou bem:
"Ele tem a ver com um futuro bacana que os cariocas não podem jogar fora. Tudo a ver com a coragem de enfrentar os corruptos do Planalto – no legislativo e no executivo – e nada a ver com esse folclore de drogas: eu odeio maconha e vou votar nele."

Acho que agora é hora de divlugar e correr para os votos, quando argumentos vem a tona Gabeira ganha, temos apenas que levantar os argumentos. Juntei uns textos legais para quem ta em divuda ou busca argumentos:
Leituras para 26 de Outubro

zwinglio rodrigues, pr. disse...

"Sobre o voto nulo... entendo essa atitude arrogante e cheia de soberba - eu sou melhor do que qualquer candidato!"

Como não sou candidato em lugar algum, estou fora dessa antidemocrática concepção [que claramente não respeita os opções de alguém, em uma eventualidade ou outra]... até porque, não sou farinha do mesmo saco no qual estão Paes e Gabeira, conforme afirmou Vitor...
***********************************************

Mas, Vitor, não se enfureça comigo... pensei que esse espaço fosse democrático... por isso estou dando os meus pitacos por aqui... e que ninguém diga que eu, daqui da Bahia, não deveria estar fazendo isso porque eu bem sei a importância da cidade do Rio de Janeiro, não para si mesma, mas para o BRASIL...

***********************************************

O voto NULO nada tem de romântico, nada tem anárquico... ele é uma alternativa quando deparamo-nos com duas alternativas abjetas, ideologicamente falando...

É uma questão de consicência tranquila, e não de omissão social... até porque, como eu já afirmei alhures, ninguém deixa de ser cidadão porque negou voto a uma dupla de liberais, mas deixa-se de ser um sujeito social ativo quando não paga-se impostos, quando não atende aos necessitaods, quando se cala frente às cachorradas DOS políticos [as coligações são uma delas... tem cada uma por aqui... e por aí?] quando se locupleta indevidamente, quando fura a fila do banco, etc., etc.

Se nenhum desses nomes apresentados por aí agradam,

Votem NULO!!

Vitor Grando disse...

Zwinglio,

Eu não me enfureci com você em momento algum!

Jim disse...

Igor, lembrou bem! A campanha de Eduardo Paes está cheia de mensagens subliminares!
E sabe o que estou começando a sentir? A qualificação (leia-se informação que gera formação) dos eleitores de Gabeira está avolumando a onda verde! Bonito de se ver e ler!
E o "pontapé" do Vitor será lembrado!

Vitor Grando disse...

Textos sobre o Eduardo Paes, vale a pena ler:
http://blog-muller.blogspot.com/2008/10/leituras-para-26-de-outubro.html

Joao Avion disse...

Pra mim politica municipal deve ser decidida por razoes ligadas ao municipio em si.

Se Paes ou Gabeira sao ou nao sao pro legalizacao/aborto nao importa, o que importa para o cristao na hora de avaliar candidaturas municipais eh a politica com os mais pobres.

Jim disse...

"Pra mim politica municipal deve ser decidida por razoes ligadas ao municipio em si."
Perfeito!
Mas, lamentavelmente, são sempre as classes mais desprotegidas, que dependem mais dos serviços públicos, escolas, hospitais, segurança, saneamento, que constituem as falanges de tudo isso que está aí...

Jim disse...

Ah, lingüinha...

Felipe Fanuel disse...

Zwinglio,

A sua apologia ao voto nulo é deprimente e não se aplica à realidade do Rio de Janeiro. A cidade está precisando urgentemente de uma resposta política. A situação é grave.

É covardia para nós eleitores daqui anular voto neste momento. Domingo é o dia em que precisaremos dar uma resposta nas urnas. E não vejo atitude mais irresponsável que anular o voto. Quem assim pensa já deve estar de malas prontas para fugir daqui ou é daqueles que torce para o circo pegar fogo.

Gabeira 43

zwinglio rodrigues, pr. disse...

Felipe Fanuel, paz!

Você disse:

"A sua apologia ao voto nulo é deprimente e não se aplica à realidade do Rio de Janeiro. A cidade está precisando urgentemente de uma resposta política. A situação é grave."
***********************************************
Respondo-lhe:

Deprimente é sua leitura mal feita das minhas expressões... se você lesse com mais cuidado minhas opiniões constataria que minha preocupação não é se por aí vão votar NULO ou não... o que sempre disse em meus comentários desde a postagem anterior é que votar NULO é legítmo e faz parte do processo ELEITORAL... aliás, assim como deveria fazer parte o VOTO NÃO OBRIGATÓRIO...

Aí, meu caro... expliquei quando eu votaria NULO dizendo que no caso de dois liberais do tipo do Gabeira e do Paes, EU, euzinho, votaria NULO... Não votaria no Gabeira porque não comungo da ideologia do PV... não votaria no Paes por causa da sua ABSURDA infidelidade partidária...

Enfim, sua leitura dos meus comentários, foram dignas de um analfabeto funcional... isso sim é deprimente...

Abraços!

Jim disse...

Vitor, há pouco postei a sugestão de interdição de postagens anônimas. Disse que eu posso ficar P. da vida com uma opinião, mas respeito quem a expõe. Vim aqui para exemplificar o meu dito: sou formal e radicalmente contrário à opinião do Sr. Zwinglio Rodrigues, mas jamais o desrespeitarei.

 
Free Host | lasik surgery new york